Skip to content Skip to footer

Libertar Portugal da corrupção

O mediatismo, o talento, o mérito, a entrega e o capital social de todos os seus colaboradores, rapidamente tornaram esta associação numa incubadora de iniciativas e programas de prevenção e combate à corrupção, com vista ao desenvolvimento e promoção de uma cultura de integridade em Portugal.

0 +
Associados

Muitos são os que já se uniram a nós para ajudar a libertar Portugal da corrupção.

0
Escolas

A nossa RedEscolas já integra 17 escolas.

0 %
da dívida pública nacional.

É o  custo para os Portugueses dos casos de corrupção conhecidos.

Áreas Programáticas

Conhece os principais programas e iniciativas da All4Integrity

Pessoas que nos inspiram no combate à corrupção

Escolas que nos inspiram uma cultura de integridade

Tecnologia que promove uma cultura de integridade

Acompanhe a atividade da All4Integrity

Juntos podemos construir um
Portugal melhor

Torna-te associado e faz parte da mudança.

Estes são os nossos Parceiros 360º

Estes são os nossos Parceiros 360º

“A participação da sociedade civil é essencial e decisiva” no combate à corrupção. A corrupção é “um factor de empobrecimento do país, capaz de criar conflitos de interesse e fragilizar uma cultura de meritocracia”.

Maria José Morgado

Magistrada

Muitos parabéns por todo o trabalho que estão a fazer para além destes prémios, designadamente todo o trabalho que está a ser desenvolvido nas escolas que eu acho extraordinariamente importante.

Joana Marques Vidal

Ex-procuradora-geral da República

Ele é alguém que transmite, desde sempre, valores muito claros como o respeito, a solidariedade e o trabalho, e que é por via do trabalho, sempre, que atingimos aquilo que sonhamos.

Rui Miguel Nabeiro

CEO, Delta Cafés

Notícias &
Press Releases

A All4Integrity não pára.
Acompanha aqui as últimas notícias e divulgações relacionadas com a associação.

Por critérios de acessibilidade e leitura a Associação All4Integrity não utiliza no seu site a dupla conjugação de género “(o)/(a)”, nem o formulação neutra “@”, reconhecendo, no entanto, a limitação de toda a forma de comunicação que utilize o masculino para se referir aos diferentes géneros. Se tiveres alguma sugestão de como tornar a linguagem deste site mais inclusiva não hesites em partilhá-la via info@all4integrity.org.